CMS popular por participação de mercado


cms popular


Se você é novo no mundo dos sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMS), aqui está uma definição super simples:

Os sistemas de gerenciamento de conteúdo permitem que os não técnicos do mundo criem sites em grande escala, funcionais e com aparência profissional, sem precisar digitar um pouco de código.

Ao usar um CMS, você não precisa entender como os sites funcionam. E o legal é que quase metade de todos os 1,271,920,923 sites online use um CMS, então você está em boa companhia.

Nós o guiaremos pelo 10 principais plataformas CMS mais populares por participação de mercado. Também analisaremos os recursos de cada plataforma CMS, os requisitos de nível de habilidade do usuário, os tipos de negócios mais adequados à plataforma e muito mais.

Estatísticas rápidas e visão geral do conteúdo:

  1. WordPress (Mais de 27 milhões de sites ao vivo)
  2. Wix (Mais de 3,8 milhões de sites ao vivo)
  3. Squarespace (Mais de 1,9 milhão de sites ativos)
  4. Joomla! (Mais de 1,8 milhão de sites ativos)
  5. Shopify (Mais de 1,1 milhão de sites ativos)
  6. Drupal (Mais de 630 mil sites ao vivo)
  7. Blogger (Mais de 430 mil sites ao vivo)
  8. Prestashop (Mais de 285 mil sites ao vivo)
  9. Magento (Mais de 265 mil sites ao vivo)
  10. Bitrix (Mais de 223 mil sites ao vivo)

As 10 plataformas CMS mais populares

Todos os dados incluídos neste artigo são provenientes deste recurso: BuiltWith.

1. WordPress (Mais de 27 milhões de sites ao vivo)


WordPress

Considerado o gigante dos CMS populares, o WordPress continua a liderar o mercado por uma ampla margem. Em termos de toda a Internet (sites criados com ou sem um CMS), 35,6% deles são sites WordPress.

O WordPress é um software de código aberto, o que significa que é gratuito para baixar e usar. No entanto, a criação e o upload do site do WordPress requerem a compra de um domínio personalizado e a hospedagem.

Outro benefício do WordPress é que a plataforma oferece milhares de temas profissionais e você pode instalar praticamente qualquer recurso por meio de milhares de plugins. A maioria dos plugins é grátis (plug-ins premium estão disponíveis para usos especializados) e os temas do WordPress geralmente variam de US $ 15 a US $ 60+.

Aqui está o Avada, um dos temas mais vendidos do WordPress no mercado ThemeForest:

Avada
Fonte da imagem: Avada.

Nível de habilidade: 1-2

A maioria das pessoas dirá que o WordPress é fácil de usar. É, mas isso vem com uma ressalva. Haverá um pouco de uma curva de aprendizado, e manobras em torno do administrador podem ser complicadas para os novatos. O WordPress também é o sonho de um hacker, por isso é importante acompanhar as atualizações de versão.

Como o WordPress é de código aberto, você precisará fazer o download e instalá-lo em seu servidor de hospedagem. Felizmente, a maioria dos hosts possui uma instalação com um clique, o que economiza tempo (a instalação manual também é um pouco técnica). Se precisar de ajuda, uma rápida pesquisa no Google retornará informações sobre praticamente qualquer problema técnico do WordPress.

Tipos de negócios:

Os sites WordPress são adequados para qualquer tipo de negócio. Do eCommerce aos blogueiros, às empresas baseadas em serviços e às startups focadas em tecnologia, o WordPress oferece muitos recursos e capacidades para permitir que praticamente todas as empresas entrem em funcionamento rapidamente. No entanto, sites de comércio eletrônico exigirão plugins especializados como o WooCommerce.

Prós:

  • Features Recursos compatíveis com SEO
  • Features Recursos compatíveis com dispositivos móveis
  • �� Fácil de usar
  • Functionality Funcionalidade de blogs (o software WordPress foi criado para blogs)
  • Functionality Funcionalidade de comércio eletrônico

Contras:

  • �� O WordPress é fácil de usar, mas pode ser difícil aprender e gerenciar se você é novo na plataforma.

NOTA: Estamos nos referindo ao WordPress.org aqui. Isso não deve ser confundido com o WordPress.com, uma versão menos robusta do WordPress que não exige que você adquira hospedagem. Aqui está a diferença entre o WordPress.org e o WordPress.com.

2. Wix (Pago)


Wix

O Wix é outro construtor de sites completo, projetado para o novato completo. Também é totalmente hospedado e o Wix gerencia todos os detalhes técnicos.

Preços Wix
Preços Wix.

O Wix oferece um plano gratuito e limitado. Atualizações Premium estão incluídos nos pacotes pagos, que começam em US $ 13 a US $ 39 por mês para sites básicos e US $ 23 a US $ 500 + por mês para sites comerciais e de comércio eletrônico.

Tipos de negócios:

O Wix é mais adequado para empreendedores individuais ou pequenas empresas de qualquer tipo; no entanto, seus recursos de comércio eletrônico e blog estão faltando em comparação com os do Shopify e WordPress, respectivamente. Semelhante ao Squarespace, é limitado se você deseja personalizar fortemente seu website. O customizing pode exigir a assistência de um desenvolvedor.

Os recursos de SEO do Wix têm faltado nos últimos anos, mas a popular plataforma CMS vem fazendo melhorias. Para pequenas empresas, isso não é um problema, mas as médias e grandes empresas encontrarão melhores resultados em uma plataforma mais robusta..

Nível de habilidade: 1

O Wix é fácil de usar e fácil de operar. Exigirá uma pequena curva de aprendizado para se familiarizar com a plataforma, mas geralmente é simples de usar.

Prós:

  • Features Recursos compatíveis com SEO (melhor nos últimos anos)
  • Features Recursos compatíveis com dispositivos móveis
  • �� Fácil de usar
  • Functionality Funcionalidade de blog (não tão robusta quanto o WordPress)
  • Functionality Funcionalidade de comércio eletrônico (não tão robusta quanto o Shopify)

Contras:

  • �� Custo – há uma taxa mensal para usar a plataforma; no entanto, o Wix oferece um plano gratuito e limitado
  • �� Recursos e personalização são um pouco limitados para empresas mais estabelecidas

Aqui está nosso tutorial sobre como usar o Wix.

3. Squarespace (Pago)


Squarespace

O Squarespace é uma plataforma de criação de sites de arrastar e soltar que não requer instalação no servidor de hospedagem, pois não é de código aberto. Semelhante ao Shopify, o Squarespace possui hospedagem, certificados SSL, suporte e outros recursos integrados à plataforma. Tudo isso está incluído no preço da taxa, que varia de US $ 12 a US $ 40 por mês.

Preços Squarespace
Preços Squarespace.

O Squarespace é conhecido por seus modelos limpos e modernos. Sua estética é simples e elegante, e os modelos incluem muito espaço em branco.

Squarespace Template
Modelo de espaço de quadrados.

Tipos de negócios:

Todos os tipos de empresas podem encontrar uma casa no Squarespace. Se você é novo na criação de sites, o Squarespace pode ser um bom lugar para começar. Um dos contras de um construtor de sites como o Squarespace, no entanto, é que a plataforma não oferece tanta flexibilidade de personalização quanto uma plataforma de código aberto como o WordPress. Você precisará contratar um desenvolvedor se desejar personalizar além dos parâmetros dos temas.

Nível de habilidade: 1-2

A instalação e a execução exigirão algum treinamento sobre como usar a plataforma. Mas é relativamente fácil de manobrar quando você pega o jeito, e o Squarespace oferece vários vídeos tutoriais passo a passo.

Prós:

  • Features Recursos compatíveis com SEO
  • Features Recursos compatíveis com dispositivos móveis
  • �� Fácil de usar
  • Functionality Funcionalidade de blog (não tão robusta quanto o WordPress)
  • Functionality Funcionalidade de comércio eletrônico (não tão robusta quanto o Shopify)

Contras:

  • �� Custo – há uma taxa mensal para usar a plataforma
  • �� Recursos e personalização são um pouco limitados para empresas mais estabelecidas

4. Joomla! (Mais de 1,8 milhão de sites ao vivo)


Joomla!

Mesmo que o Joomla! ocupa o segundo lugar entre as plataformas CMS mais populares, ainda está muito longe do líder, WordPress, que está bem à frente em termos de participação de mercado.

Dito isto, Joomla! é um CMS viável para muitos tipos de sites. É gratuito e de código aberto, como o WordPress, e também exigirá a compra de um domínio e hospedagem personalizados. A instalação com um clique está disponível na maioria dos provedores de hospedagem.

Semelhante aos plugins do WordPress, o Joomla! oferece extensões que permitem personalizar os recursos do seu site.

Nível 2-3 da habilidade:

Atribuímos o Joomla! um nível de habilidade de 2 a 3, porque pode ser um pouco mais desafiador do que o WordPress de configurar. Dito isto, a Web está cheia de tutoriais e conselhos sobre como fazer praticamente qualquer coisa que você quiser na plataforma.

Tipos de negócios:

Semelhante ao WordPress, Joomla! acomodará qualquer tipo de site comercial, não importa quão grande ou pequeno.

Prós:

  • Features Recursos compatíveis com SEO
  • Features Recursos compatíveis com dispositivos móveis
  • �� Funcionalidade de blog
  • Functionality Funcionalidade de comércio eletrônico

Contras:

  • �� Não é muito fácil de usar para iniciantes

5. Shopify (Mais de 1 milhão de sites ativos)


Shopify

O Shopify é um líder do setor no espaço de comércio eletrônico. Em contraste com as três primeiras plataformas populares do CMS, o Shopify é SaaS (software como serviço). Você paga à plataforma uma taxa (de US $ 29 a US $ 299 por mês) para gerenciar os detalhes técnicos de sua loja, como hospedagem, segurança, certificação SSL e todas as outras funções necessárias para operar sua loja..

Preços do Shopify
Preços do Shopify.

O Shopify incorporou à plataforma todos os recursos que os proprietários das lojas de comércio eletrônico precisam, como coleta de pagamentos, remessa, gerenciamento de estoque e descontos e muito mais. O Shopify também oferece vários plugins que permitem personalizar sua loja.

Gostou do WordPress, mas quer experimentar o Shopify? Você também pode integrar o Shopify ao seu site WordPress.

Tipos de negócios:

O Shopify está focado apenas nas lojas de comércio eletrônico.

Nível de habilidade: 1

O Shopify é uma plataforma fácil de usar para iniciantes. Embora o aprendizado da plataforma leve algum tempo, o Shopify cuida de todos os detalhes técnicos. Se você tiver algum problema, o suporte da Shopify está disponível para assistência.

Prós:

  • Features Recursos compatíveis com SEO
  • Features Recursos compatíveis com dispositivos móveis
  • �� Fácil de usar
  • �� Funcionalidade de blog
  • Functionality Funcionalidade de comércio eletrônico

Contras:

  • �� Custo – há uma taxa mensal para usar a plataforma

6. Drupal (Código aberto)


Drupal

Semelhante ao WordPress e Joomla !, o Drupal é um software de código aberto gratuito que exigirá uma compra e instalação de domínio personalizada no servidor de hospedagem. O software também oferece temas e módulos que permitem personalizar os recursos e funcionalidades do seu site.

Por que escolher o Drupal em vez do WordPress? Embora o WordPress seja mais fácil de usar, o Drupal é uma potência que se concentra em sites complexos de comunidades de publicação social que possuem conteúdo pesado e abrigam bancos de dados grandes.

Tipos de negócios:

Qualquer tipo de negócio será adequado ao Drupal, mas algumas empresas podem exigir plataformas e extensões adicionais do Drupal.

Nível de habilidade: 2-3

O Drupal pode ser mais desafiador do que trabalhar com o Joomla !, especialmente ao alterar a aparência do seu site. A atualização de extensões também pode ser um desafio quando incompatíveis, o que pode ocorrer com mais frequência. Se você administra uma loja de comércio eletrônico, Drupal Commerce e Ubercart são opções; no entanto, eles podem exigir a assistência de um desenvolvedor para configurar.

Prós:

  • Features Recursos compatíveis com SEO
  • Features Recursos compatíveis com dispositivos móveis
  • �� Funcionalidade de blog
  • Functionality Funcionalidade de comércio eletrônico

Contras:

  • �� Em termos de facilidade de uso, o Drupal pode exigir a assistência de um desenvolvedor

WordPress vs. Joomla! vs. Drupal? Confira nosso guia de comparação para ajudá-lo a escolher.

7. Blogger (Livre)


Blogger

O Blogger é uma plataforma de blog gratuito de propriedade do Google. O Google hospeda esses blogs, portanto, seu nome de domínio incluirá o subdomínio blogspot.com. Você também tem a opção de configurar a hospedagem e redirecionar o domínio do Blogger para um domínio personalizado de sua escolha..

Tipos de negócios:

O Blogger é uma plataforma para blogueiros casuais que não desejam construir um negócio. Sua simplicidade atende a iniciantes e aqueles que blogam para diversão pessoal.

Nível de habilidade: 1

O Blogger é fácil de usar e operar.

Prós:

  • Features Recursos compatíveis com SEO
  • Features Recursos compatíveis com dispositivos móveis
  • �� Fácil de usar
  • Functionality Funcionalidade de blog (não tão robusta quanto o WordPress)

Contras:

  • Functionality Funcionalidade de comércio eletrônico (não destinada a empresas de comércio eletrônico)

8. Prestashop (Pago)


Prestashop

Semelhante ao Magento, o Prestashop é uma plataforma de código aberto focada nos negócios de comércio eletrônico. O Prestashop é gratuito, mas você precisará adquirir um domínio personalizado e configurar a hospedagem. Se você deseja uma solução mais acessível e fácil de usar que o Magento, o Prestashop pode ser o caminho a percorrer.

O Prestashop também oferece o Prestashop Ready, uma solução com tudo incluído que é totalmente segura e hospedada. Este plano custa 24,90 € por mês.

Tipos de negócios:

Prestashop está focado apenas no comércio eletrônico e atende mais a pequenas e médias empresas.

Nível de habilidade: 2+

Embora seus recursos e opções de personalização sejam um pouco limitados, o Prestashop é mais amigável que o Magento e mais barato de operar. Por esses motivos, atende a pequenas empresas. Iniciantes podem encontrar suporte limitado, no entanto. O plano Prestashop Ready será muito mais fácil de usar e manter do que instalar você mesmo o software de código aberto.

Prós:

  • Features Recursos compatíveis com SEO (Magento oferece mais recursos de SEO)
  • Features Recursos compatíveis com dispositivos móveis
  • �� Fácil de usar
  • �� Funcionalidade de blog
  • Functionality Funcionalidade de comércio eletrônico

Contras:

  • �� Recursos e personalização são um pouco limitados para empresas mais estabelecidas

9. Magento (Pago)


Magento

Magento é uma plataforma de comércio eletrônico de código aberto gratuita. Semelhante ao WordPress, você compra um domínio personalizado, baixa e instala o Magento nos servidores de hospedagem.

Magento oferece várias soluções, dependendo do tamanho do seu negócio. Eles começam a partir de zero dólar (Magento Open Source) e também incluem uma solução em nuvem tudo em um (Magento Commerce) e escalam para recursos de nível empresarial que podem custar milhares de dólares por ano.

Tipos de negócios:

O Magento é focado apenas no comércio eletrônico e pode lidar com marcas maiores e negócios de nível empresarial.

Nível de habilidade: 3+

Ao contrário de outros softwares de código aberto mais populares, os provedores de hospedagem normalmente não oferecem uma opção de instalação com um clique para o Magento. Também pode ser difícil ficar online e funcionando, especialmente para iniciantes.

Prós:

Features Recursos compatíveis com SEO (melhor nos últimos anos)

Features Recursos compatíveis com dispositivos móveis

�� Funcionalidade de blog

Functionality Funcionalidade de comércio eletrônico

Contras:

�� Em termos de facilidade de uso, o Magento pode exigir a assistência de um desenvolvedor

10. Bitrix (Bitrix24)


Bitrix

O Bitrix começou como construtor de sites em 1998. Desde então, tornou-se uma ferramenta de colaboração em larga escala para empresas e foi renomeado como Bitrix24..

Com pacotes a partir de US $ 199 por mês, essa popular plataforma CMS oferece recursos como gerenciamento de projetos, RH, documentos e tempo, funcionalidade de colaboração, criador de sites, gerenciamento de relacionamento com clientes e muito mais.

O construtor de sites oferece hospedagem, largura de banda, criptografia SSL e recursos como formulários, email marketing e páginas ilimitadas.

Tipos de negócios:

O Bitrix24 atende a empresas mais estabelecidas, do pequeno ao nível empresarial, em qualquer vertical. A curva de aprendizado é íngreme, mas a funcionalidade é abrangente. Se você procura apenas um criador de sites, essa ferramenta pode não ser para você.

Nível de habilidade: 2

Não é necessário entender o código, mas há uma curva de aprendizado acentuada sobre como operar o software.

Prós:

  • Features Recursos compatíveis com SEO
  • Features Recursos compatíveis com dispositivos móveis
  • -Fácil de usar (sim, mas levará tempo para aprender o sistema)
  • Functionality Funcionalidade de blog (não tão robusta quanto o WordPress)
  • Functionality Funcionalidade de comércio eletrônico

Contras:

  • �� A operação do software requer uma curva de aprendizado acentuada

Dicas de início rápido sobre qual plataforma CMS escolher

Aqui está um resumo das plataformas CMS mais populares:

  1. WordPress (gratuito, de código aberto)
  2. Wix (solução com tudo incluído gratuita para paga)
  3. Squarespace (solução com tudo incluído paga)
  4. Joomla! (gratuito, de código aberto)
  5. Drupal (gratuito, de código aberto)
  6. Shopify (solução de comércio eletrônico com tudo incluído paga)
  7. Blogger (plataforma de blog gratuito)
  8. Prestashop (solução de comércio eletrônico gratuita e de código aberto; plano com tudo incluído pago)
  9. Magento (solução de comércio eletrônico gratuita e de código aberto; opções pagas no nível da empresa)
  10. Bitrix24 (plataforma de colaboração com tudo incluído paga)

Uma das primeiras decisões a tomar é se você deseja uma solução SaaS de código aberto ou com tudo incluído. As soluções de código aberto exigem que você hospede seu site por conta própria. Com um site auto-hospedado, você mantém controle total sobre o site (você o possui essencialmente), mas esse processo é mais técnico e requer manutenção contínua.

As soluções SaaS feitas por você eliminam os desafios técnicos, mas eles executam seu site em sua hospedagem e, portanto, têm controle total sobre ele.

TL; DR

WordPress ainda reina supremo entre todas as plataformas CMS.

Se você está procurando uma solução feita por você, o Wix ou o Squarespace será uma boa escolha, dependendo do seu modelo de negócios.

Se você administra uma empresa de comércio eletrônico e está interessado em uma solução de código aberto, o Shopify ou Prestashop seria uma boa opção. As lojas de comércio eletrônico em nível empresarial devem considerar o Magento.

Por fim, se você deseja uma plataforma abrangente de colaboração e CMS, o Bitrix24 será uma opção para você.

Pronto para criar seu site? Comece aqui com este guia passo a passo.

Jeffrey Wilson Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
    Like this post? Please share to your friends:
    Adblock
    detector
    map